Fotografia para crianças: incentive os pequenos fotógrafos!

0
857

Criança brincando com a câmera

Toda criança gosta de brincar e aprender, sendo que a união dessas duas atividades é um ideal a ser conquistado diariamente. Os pequenos estão cada vez mais acostumados com a tecnologia, e a prova disso é que muitas vezes eles sabem mexer melhor em tablets, smartphones e computadores do que os próprios pais! Por que não utilizar essa característica para que eles já desenvolvam um lado mais artístico para se expressar?

As crianças possuem uma visão diferente do mundo, e entregar uma câmera em suas mãos, ensinando-as a fotografarem e uma parte do processo que envolve ser um “fotógrafo”, será uma grande diversão e aprendizado!

Escolha o equipamento ideal

Antes de entregar o equipamento na mão da criança, escolha com atenção. Veja se não será muito pesado ou difícil para a criança manuseá-lo. Não tenha medo de começar dos níveis mais básicos e tenha muita paciência, pois tudo que é novo gera dúvidas e os pequenos estarão cheios de perguntas sobre o funcionamento do equipamento.

Apresente dizendo como eles funcionam e para que servem. Com o tempo, vá colocando cada um na rotina das crianças. Para que a criança se habitue primeiro com a câmera, sem se preocupar com o jeito de pegá-lo, por exemplo, utilize um tripé.

Dê dicas sobre como utilizar, mas deixe-a fazer

Explique primeiro como operar a máquina e os demais instrumentos e fique por perto para ajudar, mas deixe que ela faça algumas das principais operações – desde que você a considere apta. Isso dará mais autonomia para que ela tenha liberdade e se permita ser criativa.

Aproveite para falar sobre a importância da iluminação, do enquadramento. Após a explicação, deixe que ela experimente o estilo dela de fotografar.

Incentive a fotografia como arte!

Presenteie também com livros de fotografia! Mostre os livros que você já tem e não perca a chance de levar as crianças para exposições onde fotos são expostas. Essa visão de fotografia como arte será essencial para que elas entendam a importância e o nível de sensibilidade desta atividade.